Assuntos diversos

Como escolher a cama e colchão perfeitos

Quarto é o local dentro de casa onde podemos descansar nosso corpo e mente. Para isto, é preciso uma cama resistente e colchão confortável.

Como medir a qualidade do sono de uma pessoa? Quem sabe, por uma boa noite. E o que poderia contribuir para isto? O colchão

Sim, o local onde você dorme deve impactar na sua saúde, além de contribuir para a estética do seu quarto. Pense assim, sua cama deve ser devidamente resistente e, acima de tudo, confortável, adaptando-se muito bem ao desenho da sua coluna.
Quer saber mais? Continue lendo este texto.


SharonFliter Arquitetura e Interior

Escolha com atenção o modelo da sua cama

As tecnologias evoluíram bastante nos últimos anos. Agora, tem inúmeros produtos novos disponíveis nas lojas. Camas com colchões de mola, de espuma e tantos outros a preços diferentes. 

Ou seja, não há desculpas para uma boa noite de sono. Falando mais especificamente das camas, existem os berços, as camas de casal e de solteiro comum, fora as camas box.

Medidas padrões para camas comuns

– berços: 80 x 135 cm;

– camas de solteiro: 88 x 188 cm;

– cama de viúva: 128 x 188 cm;

– cama de casal: 138 x 188 cm.

Leiza Veiga
Sabrina Tironi

Medidas padrões para camas box

– camas de solteiro: 78 ou 88 x 188 cm;

– cama de casal: 128 ou 138 x 188 cm;

– cama queen: 158 x 198 cm;

– cama king: 186 x 198 cm;

– cama super king: 198 x 203 cm.

Há outras diferenças, além das medidas, entre camas comuns e camas box. A maior delas diz respeito à estrutura. Camas comuns possuem estrado, laterais, cabeceira e pés. 

O colchão, neste caso, é uma peça que deve ser adquirida de forma avulsa. Já a cama box é basicamente – tentando falar de um jeito resumido – um grande bloco de colchão com quatro ou seis pés. Não há estrado ou cabeceira, só base e colchão.

Uma vantagem que se pode destacar das camas box é a possibilidade de elas terem baú na parte interna para guardar roupas de cama e mais. E se ainda não possuem cabeceira, quer dizer que vão economizar – e muito – a área útil do quarto, deixando mais espaço livre para a circulação. Outro detalhe é que podem vir com rodízios, o que ajudaria na higienização do recinto. Por fim, seu colchão é bem mais confortável.

Espaço do Traço Arquitetura

E o colchão, como escolher?

Independente de ser comum ou box, a cama escolhida para o seu quarto precisa ter uma base proporcional ao tamanho do colchão que irá receber. O ideal é que a sua borda seja, pelo menos, 3 cm de largura e 3 cm de comprimento maior que o limite da espuma. Já o colchão deve ser também de muita qualidade, com características que garantam o seu bem estar.

Um dado que deve ser observado com atenção no momento da compra do colchão é a densidade. É fundamental que a peça seja adequada ao seu biótipo. Ela deve apresentar todas as condições para uma boa firmeza e sustentação do corpo – nem tão “dura” e nem tão “macia” demais. Qualquer coisa diferente disso não é recomendado.

Quattrino Arquitetura

Algumas densidades de colchão

– peso até 60 kg e altura até 1,80 m: D23;

– peso até 70 kg e altura até 1,80 m: D26;

– peso até 80 kg e altura até 1,80 m: D28;

– peso até 90 kg e altura até 1,60 m: D33;

– peso até 90 kg e altura até 1,90 m: D28;

– peso até 100 kg e altura até 1,60 m: D40;

– peso até 100 kg e altura até 1,90 m: D33.

Na dúvida, é sempre bom consultar antes um especialista, principalmente um médico, para avaliar qual o tipo de colchão indicado para você. Dependendo do caso, esclarecer algumas informações – como altura correta da peça, comprimento, densidade e mais – será decisivo para a preservação da saúde. Lembrando que se a sua cama for ser dividida com outra pessoa, o seu colchão deve fazer bem a sustentação dos dois corpos.

Érica Salguero

Confira alguns tipos de colchão 

Existem muitos colchões à venda atualmente no mercado. Já é sabido, com base em tudo que foi dito antes, que certos detalhes, como medida e densidade da peça, devem ser observados sempre. 

Fora isso, é preciso estar atento ao material de fabricação também. Os colchões de espuma com 15 cm de espessura são os mais comuns. Já os com molas ensacadas em seu interior são mais altos, estáveis e duráveis.

Luciane Mota

Algumas peças vêm com uma camada externa de proteção feita em látex. Este material se molda facilmente ao corpo, mas volta bem rápido ao estado inicial quando não pressionado. Fora isso, possui a vantagem de agir contra fungos, ácaros e bactérias – tudo que se deseja em tempos atuais. Mais um ponto a favor da boa saúde e noite de sono.

Existem também os modelos de colchões feitos com viscoelástico – uma tecnologia explorada pela NASA -, que sustenta mais à coluna, porém deformando menos. 

E ainda há as versões alternativas, como os colchões de ar e de água, que nem sempre são indicados pelos médicos – salvo os casos especiais. 

Por fim, é preciso falar dos colchões com camada extra de espuma – “pillow top” -, ótima opção para pessoas altas e pesadas.

Juliana Pippi

Depois de todas essas informações, confira os dados com cuidado e descubra qual a cama e colchão ideais para você!

Essas dicas para escolher cama e colchão foram criadas pela equipe Viva Decora!


| 20/04/2020